Inspiração: Anelive Costacurta Torres

Anelive_abreA manhã de 16 de agosto de 2014 ficou marcada no mundo das corridas. Por volta das nove horas daquele sábado, um carro descontrolado, pilotado por um motorista embriagado, atropelou quatro pessoas que se exercitavam nas ruas da Cidade Universitária de São Paulo, a USP. O acidente vitimou o veterano Álvaro Teno e feriu gravemente os outros três. Entre eles estava a biomédica Anelive Costacurta Torres, mãe de dois filhos, que se preparava para sua primeira maratona. Um ano após o fatídico acontecimento, ela voltou ao esporte, recuperada, feliz e com direito a recorde pessoal nos 21K. continue lendo

Anúncios

Inspiração: Grete Waitz

Grete Waitz

“Para cada faixa de chegada rompida e som dos aplausos da multidão, há incontáveis horas de treino duro”, Grete Waitz, uma das maiores maratonistas do mundo, nove vezes campeã da Maratona de Nova York. Vem ver a história dela! continue lendo

Meus 10 anos de corrida!

livro14

Foi em um dia qualquer do mês de agosto de 2005 que fiz meu primeiro treino no Parque do Ibirapuera, com a equipe MPR. E é tão bom olhar para trás e ver que se passaram 10 anos e como minha vida mudou nesse tempo… continue lendo

Vamos começar do começo…

2

Sou formada em comunicação pela FAAP há 26 anos e desde sempre escrevi para revistas – colaborei com as principais publicações femininas e de variedades do país. Há mais de 10 anos resolvi focar em saúde e bem-estar. E numa dessas, em 2005, me apaixonei pela corrida. Estava uns 10 quilos acima do meu peso ideal. Mas não foi isso que me fez ir para a corrida. Foi em uma viagem para cobrir um evento de esportes de aventura para deficientes auditivos, para uma revista de saúde que eu trabalhava, que tudo teve início. Um dos organizadores, que é corredor e virou meu amigo, falava com tanto entusiasmo do esporte, que eu achei que poderia ser legal. Optei pela corrida, inicialmente, pelo brilho nos olhos que vi nesse amigo. Juro que nem pensava em emagrecer ou melhorar a qualidade de vida quando comecei… continue lendo

No fun, no gain

yara_10abril boas sensaçõesÀs vezes eu vou correr e entro em uma espécie de transe. Esqueço pace, distância, postura… e tudo o que me interessa são as boas sensações. Já faz um tempo que penso escrever sobre isso. E dia desses, fazendo uma pesquisa para uma matéria que estou fechando, me deparei com um pensamento bacana, que vai nessa linha e me inspirou. A frase é atribuída a Lorraine Moller, corredora neo-zelandesa que participou de quatro Olimpíadas e foi medalha de bronze na maratona dos Jogos Olímpicos de Barcelona, aos 37 anos: “Para mim, correr é um estilo de vida e uma arte. Estou mais interessada na magia do esporte do que em sua mecânica.” continue lendo

As lições da Maratona de Berlin

_Berlin_corrida (15)corFoi minha sétima maratona – uma corrida feliz do primeiro ao último passo. E me deixou lições para todos os momentos, como o atual. Um momento de recomeçar, se reinventar, de acreditar e simplesmente ir… Já havia feito seis maratonas – Porto Alegre, Nova York, Curitiba, Buenos Aires, Rio de Janeiro e Uphill (Serra do Rio do Rastro, SC) – e, seguindo meu objetivo de correr uma prova de 42K por ano, nos primeiros meses de 2014 comecei a pensar em minha nova experiência. Em meu histórico, haviam três maratonas feitas abaixo de 4h20m (um tempo que considero bom, para uma amadora como eu) e três bem acima dessa marca…. continue lendo

Eu testei: top e cinto

ya_Testei no dia 13 de setembro, em um treino de 24K – e repeti no último sábado, dia 20, em um treino de 15K -, o top Vivian Bógus Fitness by Cola na Debs (que eu comprei por recomendação da minha amiga Fernanda Mesquita) e o cinto FlipBelt (que eu ganhei da Samantha Sheridan). Aqui vão minhas impressões:

continue lendo

… a Meia Maratona do Rio 2014…

yara rio1No ano passado eu corri a Maratona do Rio. Esse ano, optei pela distância da Meia. Aliás, a Meia do Rio é uma das minhas favoritas – acho que já fiz umas quatro vezes. Mas cada prova é uma prova e um ano nunca é igual ao outro. Desta vez, por exemplo, encontramos um Rio de Janeiro cinzento, nublado e até frio – típico clima paulistano roubando um pouco da beleza da Cidade Maravilhosa. Em compensação, perfeito para correr.

continue lendo

… fiz um teste de postura na corrida …

IMG_3641Na última quinta-feira fiz um teste de postura na corrida muito legal. Trata-se do F.O.R.M. (Form Optimizer of Running Methodology by Mizuno). Vem ver sobre o que se trata… continue lendo

… Uphill Marathon, o livro…

1Não canso de dizer: começar a correr, lá atrás, em 2005, foi uma das melhores coisas que eu fiz por mim, em toda minha vida. Mas nunca imaginei que poderia ir tão longe. Conheci pessoas e lugares que me marcaram para sempre. E, sem perceber, acho que também marquei a vida de muita gente por aí. Isso porque eu corro com paixão, deixando o corpo e a alma irem ao sabor de cada passada. Às vezes pode parecer uma viagem, eu sei. Afinal, é só um esporte. Mas eu amo, vivo e devo muito a esse esporte. continue lendo