Sephora Beauty Run: uma beleza de corrida

sephora beauty run

Sephora Beauty Run – Foto: Fernanda Balster

Bota 6K na conta. Não, pera… São 7K… Mas sabe que eu gostei desse “quilômetro bônus” na Sephora Beauty Run, no último domingo? Encarei como uma surpresinha para testar meus limites, rsrs. Vem ver como foi a prova…

No domingo, dia 11 de outubro, se eu tivesse treinado direitinho e em condições de viajar, estaria em Buenos Aires para correr a maratona e tentar novamente um sub 4h e o índice para Boston (como em 2010). Mas não rolou. Paciência. Toquei a vida e fui feliz e faceira correr os 6K da Sephora Beauty Run – Etapa São Paulo.

É uma corrida cara, sim. Mas, digamos, diferenciada – porque oferece muitos mimos pré e pós prova. Para quem gosta de kit recheado, é um prato feito: vem com camiseta, sainha e viseira lindas (modelagem bem feminina e com bom caimento), bolsa, algumas amostras de produtos, número de peito e chip descartável.

sephora10

E o pós prova traz um monte de produtinhos bacanas (estojo de sombras da Nars, miniatura de perfume Jimmy Choo, batom Sephora, vouchers de descontos, entre outras coisas). No dia do evento, a arena é uma festa com ações especiais de marcas top de beleza (massagem corporal da Clarins, espaço de limpeza facial da Clinique, manicure com esmaltes Bourjois) e show de encerramento (em SP foi com o bloco Sargento Pimenta e DJ João Brasil). É para ir com as amigas e aproveitar tuuudo!

Mas, claro, tem que suar também. E eu suei. Meus treinos de corrida, confesso, andam bastante atrapalhados. Em compensação, tenho pedalado bastante (aliás, fui pra corrida de bike) – o que mantém o condicionamento super em dia. E a distância da prova não me assusta. Então, encarei como uma experiência de beauty & fun.

Largada

Foto: Rogério Capela

Pensei em fazer os 6K em torno de 36 minutos – ou seja, fazer 6 minutos por quilômetro. Mas chegando lá não quis saber de brincar, rsrs. Quando vi, estava acelerando, completando cada quilômetro em mais ou menos 5’35”. Quando o relógio marcou 36 minutos, no entanto, vi que tinha algo errado. A prova devia estar terminando, só que a chegada ainda parecia longe. Foi tipo uma “pegadinha” para testar os limites, rsrsrs. Sei que acelerei – ainda com forças para sorrir pra foto da Fernanda Balster, que ilustra esse post – e fiz o meu melhor quilômetro (5’08”). Fechei os 7K em 39’32”.

As 100 primeiras ganhavam um mimo extra. Mas fiquei em 115, entre 2000 participantes

Achei interessante essa mistura de make e suor, com público interessado nas duas coisas – por que não, né? 

Tranquilo fazer esses 6K que viraram 7K… Agora quero ver fazer três vezes essa distância no próximo domingo, na W21K, a meia maratona feminina da Asics. Pois é, estou inscrita e vou correr. E vamos ver o que vai dar!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

p o d e_f a l a r

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s