Inspiração: Vanessa Borgonovi

Vanessa_finalG4aA professora Vanessa Borgonovi, 37 anos, mãe de duas meninas, se encontrou na corrida e saiu do estado de obesidade, encarando recentemente uma meia maratona. Mas ela quer mais, muito mais. Inspire-se em sua história! 

Com 1,72 de altura, Vanessa Borgonovi, de São Paulo, sempre foi considerada magra, levando em conta que tinha 66 quilos. O jogo começou a virar quando, há sete anos, engravidou pela primeira vez. “Eu era fumante e tive de parar com o cigarro. Também passei a comer tudo o que tinha vontade”, conta. Resultado: engordou 35 quilos. Para voltar ao peso ideal, dois meses após sua filha nascer, procurou um endocrinologista. “Como não tive leite e não estava amamentando, o médico receitou um inibidor de apetite”. Dessa forma, conseguiu perder 10 quilos rapidamente e, depois, mais uns 15.

Três anos após, Vanessa ficou grávida de novo e ganhou ainda mais peso do que na primeira gestação. Na época, fazia hidroginástica e ioga e se alimentava de maneira relativamente saudável. “Mas comia demais”, lembra. O descontrole a fez chegar a quase 130 quilos, atingindo grau de obesidade 3. “Assim que minha segunda filha nasceu, em 2011, resolvi dar um basta e me cuidar”. Com reeducação alimentar, em cinco meses eliminou cerca de 20 quilos. Só que estacionou na balança. “Às vezes perdia cinco quilos, mas em pouco tempo os recuperava.”

Vanessa montagem ok

Até que em fevereiro de 2014, incentivada por algumas amigas, passou a se interessar pela corrida. “Antes de efetivamente começar a correr, disse que ia me preparar para não me machucar e não fazer feio. Contratei um personal e passei a me exercitar na academia do prédio. Até junho, só fazia musculação e caminhava em velocidade de 5km/h na esteira.” Para incentivá-la a acelerar os passos, as companheiras a inscreveram em uma prova de 5K, em meados de julho. “Sem nenhum incentivo da minha família, que não acreditava que eu pudesse ser capaz, completei os 5K em 58 minutos. Na prova, recebi apoio de pessoas que nunca havia visto, chorei no final e sai de lá com uma sensação de libertação. E então coloquei como meta correr 5K direto.”

O personal passou a aplicar treinos mais específicos de corrida e, 15 dias depois de sua primeira experiência, ela terminou os 5K da Campinas Night Run em 53 minutos e com três quilos a menos.

Orientada a procurar uma assessoria esportiva de corrida, Vanessa teve dificuldade de encaixar seus horários nos que eram oferecidos – afinal, trabalhava fora, tinha casa e duas filhas para cuidar. Até que encontrou uma equipe que atendesse suas necessidades. E começou a ver diferença. Seus sonhos também se tornaram maiores e logo ela estreou na distância de 10K, finalizando em 1h40. “Conforme o tempo passava, eu ia melhorando meu desempenho e, mesmo sem me pesar, notava a diminuição de minhas medidas”.

2 - IMG_9849

Vanessa ganhou um troféu da coleção de seu treinador Adriano Bastos como incentivo!

Em novembro, em uma visita à nutricionista, espantou-se ao constatar que chegara à casa dos 90 quilos. Feliz, ela então desejou atingir novas metas na corrida, como completar uma meia maratona. Tanto que, pouco tempo depois, se inscreveu na Meia Maratona do Rio. “Fiz a inscrição, mas fiquei com medo. Só que meu treinador, o Adriano Bastos, me acalmou e disse que eu estava indo bem e teríamos seis meses para treinar.”

Em fevereiro desse ano, no entanto, por não conseguir cumprir treinos maiores do que 12K, Vanessa teve uma “crise de pânico” e desistiu do Rio. Nessa época, já completava 10K em 1h08 e estava fazendo 5K em 33 minutos – enquanto a balança acusava 78 quilos. Além da corrida, a alimentação também melhorou. “Basicamente diminui as porções e comecei a comer de forma fracionada, de três em três horas”, revela.

vanessa montagem 2

O sonho dos 21K, no entanto, ressurgiu com força e a professora – agora com 75 quilos – decidiu encarar a Golden Four, no início de agosto. A ideia era terminar bem a prova. E assim ela fez. “A sensação que tive durante o percurso variava entre estar muito bem e muito feliz. O mais interessante que notei é que, em uma prova de 21K, as pessoas conversam, se apoiam. Não pensei em desistir em nenhum momento – até mesmo no quilômetro 17, quando minha pressão caiu, minha mão inchou e fiquei praticamente sem forças. É que tive sorte e fui salva por um ‘anjo’, uma moça que me ajudou com sal e incentivo. ”

Logo depois, ao encontrar um grande amigo, as coisas ficaram ainda melhores. “Ele tinha terminado e estava me esperando para cruzar a linha final. Foi uma alegria imensa vê-lo. No quilômetro 19, havia outra amiga me esperando – ela não havia corrido, estava ali apenas para me acompanhar.”

A emoção tomou conta do pequeno grupo. “Estava acabando e passava um filme em minha cabeça. O ar começou a faltar e subi o túnel final caminhando, com meus companheiros me incentivando. E então um terceiro amigo se juntou a nós. A chegada foi um momento de êxtase, com mais outras pessoas da assessoria fazendo festa. Experimentei a sensação de missão cumprida, um misto de alegria, cansaço, alívio por ter conseguido terminar sem se machucar e até mesmo tristeza, por ter treinado tanto e ter passado tão rápido.”

Vanessa completou a Golden Four em 2h45, melhor do que esperava. “A corrida me fez uma mulher destemida, com muito orgulho de mim mesma”, diz com brilho nos olhos. E ela quer mais. Tanto que já começa a planejar um novo e audacioso voo: a Maratona de Nova York em 2016. Que ninguém duvide da força de uma corredora determinada!

(Por Yara Achôa – matéria originalmente publicada na revista Contra Relógio 2015 e editada com atualizações)

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Anúncios

Uma resposta em “Inspiração: Vanessa Borgonovi

  1. Que linda história! Depois da gestação estou tentando voltar as corridas, esta história me ajudou muito! Já corri uma meia em 2010 e depois, devido a lesão e a gestação, estacionei e cá estou eu lutando contra a balança e o sedentarismo! Me identifiquei pq retornei agora tb com a musculação inicialmente. Parabéns Vanessa, aguardo notícias de Nova Iorque! 🙂

p o d e_f a l a r

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s