…como é difícil respirar…

inspira

Não digo respirar de modo automático, como a gente faz sem perceber. Respirar lenta e profundamente é que é um pouco mais complicado.

Tenho feito um trabalho de fisioterapia que, entre outras coisas, me obriga a respirar muito.

– Inspira, joga o ar nas costelas, expande os pulmões. Solta o ar, solta, solta, esvazia o peito, murcha a barriga. Prende a respiração, umbigo nas costas, segura, segura. Respira, repete…

São mais ou menos essas ordens que minha fisioterapeuta – Liris Wuo – dá. Você faz uma vez, duas, três, quatro vezes. Pra complicar um pouco, toda hora ela me coloca em uma posição diferente – que muitas vezes já seria difícil de fazer sem ter que prestar atenção à respiração… Sei que é um trabalho pesado! Saio exausta da sessão.

Mas é bom demais! Sinto que amplio minha capacidade respiratória, trabalho forte os músculos abdominais (quem não sonha com uma barriga mais definida?), melhoro a postura no dia a dia e na corrida e, dependendo do exercício, ainda alongo partes do corpo de maneira super eficiente (sou péssima de alongamento e essa é uma das principais razões de eu ter procurado a fisioterapia).

Chamados de hipopressivos, esses exercícios fortalecem a musculatura interna do abdômen (a gente precisa ter o “core” forte na corrida), reduzem a compressão dos discos intervertebrais na região lombar da coluna (assim, evitam as dores nas costas) e trabalham o períneo – o que é excelente para as mulheres, pois fortalecem os músculos que sustentam os órgãos pélvicos, o bebê durante a gestação e, por sustentarem a bexiga e vias urinárias, são responsáveis pela continência voluntária.

A sessão dura cerca de 40 minutos. Você pode fazer uma vez por semana com a supervisão da fisioterapeuta e mais duas vezes em casa. Em um mês já dá para começar a sentir os resultados do fortalecimento.

Algum tempo atrás eu fiz uma matéria sobre a ginástica hipopressiva para a revista Contra Relógio e resgatei aqui alguns movimentos.

“Os exercícios abdominais hipopressivos trabalham bem a respiração e a postura. Consistem basicamente em relaxar o abdômen na inspiração e ao final da expiração realizar uma apneia”, resume a Liris. Quer tentar?hipopressiva

Anúncios

Uma resposta em “…como é difícil respirar…

  1. Yara é impressionante a consciência que vc tem ao fazer os exercícios
    sei que eles são cansativos, pois exigem mais atenção e concentração do que os exercícios comuns,
    Você me impressiona pela sua dedicação e perseverança sempre, aprendo muito com você
    Obrigada por tornar a terapia mais prazerosa e motivante pra mim, pois você me obriga a pensar sempre em como poder te ajudar cada vez mais no desempenho das corridas, pois essa não é uma área que domino muito bem, mas passo algumas horas entre um atendimento e outro pensando em como melhorar a função deste e daquele músculo que pode ajudar na corrida.
    Isso me motiva bastante…

p o d e_f a l a r

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s