… sempre vale a pena…

corporeWTCUma semana sem postar… Mas é que semana passada não foi fácil. Nem treinar direito eu consegui. 

Porém, como hoje tinha uma provinha de 8 km, Corrida Cisco WTC – Comunidade da Internet – Corpore pela Paz, lá fui eu. O percurso teve largada e chegada na Marginal Expressa, em frente ao WTC, com um trecho pela Av. Roberto Marinho.  Nada demais: nem o percurso, nem a camiseta, nem a medalha. Só que correr sempre vale a pena.

Desde o primeiro km, pensei nos meus amigos Jacke e Nadais, que no mesmo horário estavam correndo a Meia Maratona do Rio de Janeiro. Quando completei os meus 8 K, pensei que eles ainda teriam mais 13 k pela frente. Bem que gostaria de ter ido com eles  – ou até participar, na semana que vem, da Meia de Buenos Aires -, mas como já havia feito duas provas longas esse ano (a Meia do Rio em junho e os 25 K da Corpore em julho)… Entre meus próximos projetos, fora uma ou outra prova de 10 K, estão a Volta da Pampulha (18 K) e a São Silvestre (15 K), em dezembro.

Pra falar a verdade, não estava em grandes condições de correr. Dormi pouco, mas a paixão pela corrida falou mais alto. E até que não fiz feio: completei os 8km em 45’24”.

brooksAproveitei para estrear meu tênis novo: o modelo Gliceryn, da Brooks.

Veja mais detalhes sobre minha nova aquisição, que está aprovadíssima, por ser leve, confortável, bonita e eficiente.

A Brooks é umas das empresas líderes no mercado de running mundial. Inteiramente focada no segmento de corrida, está presente em mais de 30 países. Especialistas em medicina esportiva, revistas especializadas,corredores de elite e revendedores de todo o mundo reconhecem a Brooks por sua linha completa de calçados de alta performance, que auxiliam os corredores na prevenção de lesões, performance e conforto. 

São tênis flexíveis que permitem que o pé progrida naturalmente durante o ciclo da pisada, sem correção excessiva. Embora privilegiem o amortecimento em detrimento dos dispositivos de controle, eles oferecem estabilidade de torção.

Detalhes do modelo GLICERYN: excelente para corredores supinadores, neutros ou pronadores leves que não precisam de muitos dispositivos de estabilidade. Sua combinação de e-1, HydroFlow® e MoGo oferecem um amortecimento incomparável. MoGo garante conforto e uma transição ultra-suave por muito mais tempo. Mesmo após 480km, Glycerin 5 continua tão macio e confortável quanto no primeiro quilômetro. Some isso à sua tecnologia termo-reguladora de revestimento Element®, que elimina o calor e a umidade, e o resultado é uma corrida mais agradável em quaisquer condições de temperatura.

 

Anúncios

Uma resposta em “… sempre vale a pena…

  1. Pingback: Nasce uma ciclista | eu corro porque…

p o d e_f a l a r

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s